Hoje é Sexta, final de semana está chegando e vocês já sabem qual vai ser o rolê? Aqui vai uma ótima dica para a galera de São Paulo que curte parque, trilha e piquenique. O passeio deve ser feito em dias de sol, pois o parque pode fechar se estiver chovendo.

O parque foi inaugurado em 1962 e fica localizado ao lado do Horto Florestal. O parque da Cantareira possui 7.900 hectares de Mata Atlântica em meio a região metropolitana de São Paulo e é considerada uma das maiores florestas urbanas do mundo.

O espaço do parque é separado em 4 núcleos (Núcleo Pedra Grande, núcleo engordador, núcleo Águas Claras e Núcleo Cabuçu), cada um possui uma entrada diferente e para conhecer tudo é preciso no mínimo 2 dias, no caso eu já visitei 2 dos 4 núcleos, um em cada dia. Nesse post vocês vão descobrir o que cada um oferece e um pouco das minhas experiências no parque.

Núcleo Pedra Grande

Foi o primeiro aberto ao público, ele possui 4 trilhas, dentre elas a principal que é a trilha para chegar ao Mirante da Pedra Grande, ela é considerada difícil, pois além de ser subida na ida, a distância total é de 6,6 km com duração média de 3h de caminhada (ida e volta), mas vale muito a pena, pois lá da pedra você pode ver a vista panorâmica da cidade de São Paulo é incrível. Se você seguir até o fim da trilha, chega-se ao lago das Carpas (Núcleo Águas Claras).

9
Trilha do Buigio
11
Vista do Mirante da pedra Grande
8
Vista da Pedra Grande

A segunda maior trilha do núcleo é a trilha da Bica, com 1,5 km, 1h de caminhada e dificuldade média. Em, seguida, a trilha das Figueiras com 1,2 km, 1h de percurso e dificuldade média, é possível encontrar grandes exemplares de Figueiras. Por último a trilha do Bugio, que é bem tranquila, possui somente 330m e pode ser feita em 15 minutos. Nela encontra-se facilmente macacos Bugios, que estão em extinção.

5
Vista da Pedra Grande

Vista da Pedra Grande

Quando fui ao Núcleo Pedra Grande, na subida desviamos um pouco o caminho para conhecer a trilha do Bugio e no retorno, desviamos para a trilha das Figueiras, só não fizemos a trilha da Bica e não continuamos até o lago das Carpas, pois nossa energia já tinha acabado haha!

6
Perdidos na trilha das Figueiras

Núcleo Engordador

É um passeio um pouco mais tranquilo, nele é interessante fazer uma visita rápida ao museu, que é pequeno, e a casa da bomba que é uma construção do século XX, tombada como Patrimônio Histórico. Lá dentro encontra-se um antigo sistema de abastecimento da cidade de São Paulo, que foi utilizado até meados do século passado, possui bela arquitetura e maquinários bem conservados.

casa da bomba
Casa da bomba

Os outros atrativos do Núcleo Engordador é a represa do Engordador. A trilha do Macuco é bem tranquila de fazer, de nível fácil o percurso é de 746m e pode ser feita em torno de 40 minutos. Depois para repor as energias, o núcleo conta com uma área espaçosa para piqueniques.

4
Represa do engordador
3
Área de Piquenique
2
Trilha do Macuco

Para quem quer curtir uma cachoeira, a trilha para chegar até la dura 1h30m e o nível é considerado médio. E para os amantes de bike, a trilha mountain bike possui 4km e também e de nível médio.

Núcleo Águas Claras

O núcleo possui 3 trilhas, a trilha das Águas que percorre o Ribeirão das Águas, é de nível fácil e pode ser feita com 20 minutos de caminhada. A trilha Suçuarana que por mais que seja longa, com 3,7 km e caminhada de 1h30m o nível também é fácil e ela dá acesso ao Lago das Carpas e ao Mirante da Pedra Grande. E a trilha de Samambacaçu que possui vegetação de mesmo nome.

7
Lago das Carpas Fonte: site parque Estadual da Cantareira

Núcleo Cabuçu

Para finalizar, o parque possui o Núcleo Cabuçu, que foi aberto para visitação em 2008 e possui 4 trilhas. Dentre elas, a do Tapiti, que é bem mais curta com 250m, a da Jaguatirica que é considerada de nível médio com 1km e duração aproximada de 50 minutos, e a do Sagui, de nível médio, 730m e seus atrativos são o saguis-da-serra-escuro que podem ser avistados por lá e um antigo forno usado para a produção de carvão vegetal. E a segunda maior trilha do parque, que é a trilha para a cachoeira, com 5,2 km considerada difícil e que pode ser feita em 3h.

10
Cachoeira do Cabuçu Fonte: site do Parque Estadual da Cantareira

Lembrando que o parque é bem grande e precisa de pelo menos dois dias para conhece-lo. Um dia Pedra Grande e Águas Claras e outro para fazer Engordador e Cabuçu. O valor do ingresso é de 14 reais e 7 reais meia entrada, e o parque funciona aos Sábados, Domingos e feriados, com entrada das 8h as 15h e permanência até ás 17h. Lembrando também que não possui lanchonete nas instalações do parque, mas tem áreas de piquenique em todos os núcleos.

Espero que tenham gostado, agora é só convidar a galera, ver a previsão do tempo, colocar uma roupa confortável e aproveitar esse passeio em meio a natureza da selva de Pedra!

Para mais informações, acesse o Site Parque Estadual da Cantareira.

 

Beijos,

Gi