Arraial do Cabo era um dos lugares da minha listinha de desejos para o ano de 2016/2017. Primeiro, porque é praia e segundo, porque eu queria saber se aquela água azul turquesa das fotos era normal mesmo. Haha E posso falar? Parece ainda mais bonito pessoalmente!

O lugar faz parte da região dos lagos e dá muito bem pra emendar com uma viagem para Cabo Frio e Búzios. Os três lugares são bem diferentes em termos de cidade. Arraial é aquela cidade tipicamente praiana, Búzios é super badalado e Cabo Frio, que permeia entre as duas.

Arraial do Cabo está bem na moda e por isso, a época que eu fui não foi das melhores (Janeiro em uma semana de feriado no Rio). Os lugares estavam todos muito cheios e às vezes não encontrávamos nem lugar para ficarmos na praia.

Fora de temporada, acho que é possível aproveitar e curtir mais. Fica a dica para a próxima vez que eu voltar (já planejando haha)

O que fazer em Arraial do Cabo?

Passeio de Barco

Sem dúvida, o passeio que mais vale a pena. Uma dica é ir logo na parte da manhã bem cedo para conhecer a Ilha do Farol, é uma ilha protegida pela Marinha e por isso tem um limite diário de visitantes.

Mas o que falar dessa Ilha que eu mal conheço e já considero pakas? Ela é linda, pequena com uma faixa de areia branca e a água naquele tom azul-Arraial-super-transparente. Dizem que é uma das praias mais bonitas no Brasil e várias novelas são gravadas lá. Por lá, você fica de 30 a 40 minutos.


Na volta da Ilha do Farol, é possível conhecer a Fenda de Nossa Senhora (padroeira de Arraial, reza a lenda que os casais que se beijam na frente da imagem, nunca mais se separam), Gruta Azul, Cratera do Meteorito e a Pedra do Macaco.

Praia do Pontal do Atalaia

Dá para conhecer no passeio de barco (com parada de 30 minutos) ou de carro pela parte de cima e aí é só descer aquelas famosas escadarias.

Conhecemos durante o passeio de barco, mas nossa intenção era voltarmos depois para ficar mais tempo (se não estivesse super cheia e a dica também é chegar cedo, pois o estacionamento fica lotado).

É uma praia tranquila, quase sem ondas. Estas só quebram bem no rasinho. E mais uma vez aquele azul inexplicável te faz ficar admirada.

DCIM100GOPROG0424533.

Praia do Forno

Na minha opinião, I-M-P-E-R-D-I-V-E-L!

Para chegar na praia do forno tem uma trilha saindo do porto, na verdade são degraus subindo e descendo. É leve, porém exige um certo cuidado, porque é muito fácil escorregar.

Assim que você começa a descer, tem um mirante que já dá a idéia do que realmente é essa praia. O azul dela é turquesa neon. Linda linda linda. Ainda é possível fazer mergulho com snorkel mesmo na companhia de tartarugas.
A praia tem infra-estrutura com quiosques e oferece o aluguel de acessórios para mergulho, guarda-sóis e caiaque.

20170116_153300-01

Praia Brava

Ouvi dizer que é o point para surfistas e aí o olho já brilhou né? Ela é bem pequena (tem aproximadamente 200m de extensão) e só aparece no período de maré baixa. O acesso é feito por uma trilha, localizada do lado de fora do Morro do Pontal do Atalaia.

Praia Grande

Diferente de outras praias grandes que são comuns, a de Arraial tem o pôr do sol mais maravilhoso (o sol se põe no mar). Oferece ótima infra-estrutura com quiosques e é considerada um bom lugar para a prática de esportes e passeios de bugges.

Gruta do Amor

No canto direito das Prainhas do Pontal do Atalaia, tem a Gruta do Amor. O acesso é feito por barco e somente em época da maré baixa. Diz a lenda que o casal que entrar junto, sai de lá apaixonado para sempre. Se você não estiver acompanhado, não se preocupe, ela é linda para tirar fotos.

DCIM100GOPROG0374449.

Mergulho

Ouvi falar que Arraial do Cabo é um dos melhores lugares para mergulhar no Brasil. Tudo isso por conta de um fenômeno raríssimo chamado de ressurgência, que está ligado à ação dos ventos e ao movimento de rotação da terra, que provoca o afastamento das águas quentes da Corrente do Brasil. Quando essas correntes se afastam,  há a subida contrária das águas frias da Corrente das Malvinas. Junto com essa subida das águas frias, nutrientes depositados do fundo do mar vão para a superfície tornando propício o desenvolvimento de ecossistemas e vida marinha.

G0474610-01.jpeg

Quantos dias ficar?

Recomendo dois dias inteiros para conhecer todas as praias. Se quiser fazer o mergulho, adicione mais um dia para conhecer tudo com folga.

Dá pra Visitar também:

Cabo Frio e Búzios.

Onde comer?

Comemos em um restaurante chamado Garrafa de Nansen e não achei que valeu a pena. Além de não ter o melhor preço, a comida deixa a desejar. Pedimos um macarrão a bolonhesa que estava com o molho doce e ácido (e olha que eu nem sou chata para comer).

Dica: Se você fizer o passeio de barco na parte da manhã, separe um tempo para andar pelo centrinho antes de almoçar, pois os restaurantes só abrem a partir das 13h.

Onde se hospedar?

Montamos base em Cabo Frio e eu explico aqui o motivo pelo qual eu achei melhor.

Hotel Porto Veleiro

Os quartos são ótimos, super limpinhos com ar condicionado e uma ducha excelente. O café da manhã também é muito bom, começa a ser servido às 8h, mas no dia que fomos fazer o passeio de barco em Arraial, conversamos com eles e eles montaram todo o café da manhã às 7h, exclusivamente pra gente, com tudo o que se tem direito.

Além disso, tem um restaurante que serve porções e refeições no almoço e jantar.

Acho que é isso.

Não deixem de colocar a Região dos Lagos em sua listinha, em especial Arraial do Cabo. Vale muito a pena!

Beijos,